Arquivo da tag: presença

Nunca mudam…

“Não é porque reclamo sua presença que estou brigando, mas sim porque te quero.”

Desde a última vez em que estive aqui, muitas coisas aconteceram – muitas boas, outras nem tanto – mas isso não nos impediu de seguir em frente e continuar trilhando nosso caminho. Que aliás, agora conta com um ano a mais na bagagem. “Contratos” foram renovados, lembranças e revelações vieram à tona, mas confesso que a mais importante delas parece não ter tido muita força. Não que a gente simplesmente não se importe com o fato – pelo menos da minha parte – mas sim que infelizmente não há muito para ser feito.

Há uma “pseudo regra” no universo dos relacionamentos que diz que não devemos “mimar” demais a pessoa amada, pois isso fará com que ela sinta-se tão importante a ponto de te decepcionar. Sinceramente, isso é meio contraditório, né? Se eu demonstro a alguém o quanto ela significa muito para mim, ela só irá me decepcionar caso esse sentimento que nos une seja uma farsa, o que acredito não ser nosso caso, né?

Pois bem, sei que já disse isso inúmeras vezes, mas irei repetir novamente: você me faz muita falta, e quanto mais tempo eu passo ao seu lado, mais eu quero passar. Não importa se estamos trabalhando ou nos divertindo, se estamos de cara fechada ou tristes por algum motivo, simplesmente não importa o que nos une, o que importa é estar perto de você. Mas sei que essa minha vontade, no momento, só é mesmo possível naqueles sonhos secretos, onde uma realidade totalmente alternativa acontece – mas que ainda assim me agrada muito. Cada dia longe de você, faz meu coração sentir um aperto tão grande que às vezes preciso procurar o “improcurável” para tentar pensar em outra coisa que não seja em nós dois perto um do outro.

Rs, acho – mentira, sei que sim – que estou carente. Não, não queria ter você só em pensamento, ou virtualmente, ou por voz a cada noite. Queria ter você fisicamente, poder te ver sorrindo e não só ouvir suas gargalhadas que às vezes luto muito para substituírem suas palavras monossilábicas de cansaço. Poder te dar um beijo e não só mandar um beijo. Poder te abraçar e não só sonhar. Poder…

… quem sabe um dia te roubar e não ter mais que sentir saudade. Quando a maior distância entre a gente será só uma mão que puxa ou vai até o outro para tocá-lo e mais uma vez o ter junto a si.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma pausa para o meu mundo.

Que se danem o chefe, os jobs, os clientes e o resto do mundo, mas agora vou parar tudo pra passar um tempo comigo mesma e com você – mesmo que seja apenas na minha imaginação. 

Fecho todas as janelas do computador, coloco os fones de ouvido e aperto o play naquelas músicas que sempre me fazem pensar em você.

Pronto! Estou no meu mundo novamente. Mas falta algo pra ele ficar completo: sua presença! Nesses últimos dias, mesmo estando juntos, tenho sentido sua falta! De você na versão namorado: das nossas conversas sem pé nem cabeça, dos nossos filmes e jogos sentados no tapete da sala, do seu colo e seu ombro amigo. O que dizer então dos abraços, carinhos, sorrisos e beijos?

Esses últimos dias têm sido bem intensos pra gente, né? Mas, ainda que cansada estou feliz, pois é o início daquilo que passamos um bom tempo planejando e sonhando! Agora é de verdade! E é POR NÓS, PARA NÓS! Mesmo que estejamos sacrificando outras coisas é por um fim que vale a pena! Obrigada por estar ao meu lado em mais essa batalha!

No geral tenho estado bem feliz nesses últimos dias – você percebeu, né? – Acho que meu coração está mais calmo,

 sereno…porque mesmo quando estamos conversando sobre algum assunto sério – leia-se profissional – você me faz muito bem! É por essas e outras – muitas outras – que repito mais uma vez: SINTO SUA FALTA! Meus dias sem você não fazem o menor sentido! Não vejo a hora de poder ter o meu namorado (“pessoa humana”, rsrsrs) por perto!

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Hoje, enfim, acordei novamente com a alma em estado de calmaria. Com aquele sentimento de que tudo está certo, pelo menos por alguns instantes. Mas, o que eu queria mesmo é que esses instantes durassem um bom tempo. Tempo suficiente para vivermos felizes para sempre. – É, só em contos de fadas esse final é possível. Não acredito em contos de fadas, mas…também não acreditava em outras coisas antes de te conhecer… – Tempo suficiente para não termos que nos preocupar com as outras pessoas e com o que elas estão fazendo contra a gente. Tempo para mostrar a elas que somos mais fortes do que elas pensam e que, sim, um sentimento de verdade pode vencer muita coisa. – E por quanta coisa já passamos.

Hoje acordei com vontade de você! De te ter por perto, sentir sua presença, sua pele. De te dar um abraço apertado quando menos esperar, não precisam sequer palavras, o silêncio já terá falado.

Com vontade do beijo que virá depois. De ouvir o som da sua voz, sua respiração, seu sorriso. De ser só você e eu e esquecer o mundo lá fora. De parar e começar tudo de novo, com a sensação de não ter mais nada acontecendo. Só de você…


“É fácil notar / Que a gente cresceu / E se é pra gente ficar feliz / Que seja assim / … / Sem fórmulas, sem regras, sem dor…” W.S

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized